Cão de polícia adorável perde seu emprego por ser amigável demais

O emprego perfeito para alguem, pode não ser o melhor emprego do mundo para outro alguem. Alguns levam jeito para tarefas mais pesadas, já outros, nem tanto. O trabalho dos sonhos varia de um invíduo para o outro, e isso tudo é apenas questão de ponto de vista e aptidão.

Embora as circunstâncias ambientais, sem dúvida, tembém desempenhem sua parte, todos nós temos nossos pontos fortes e fracos; Nosso trabalho é simplesmente colocar nossas habilidades para o melhor uso possível.

Quando você é humano, há uma infinidade de negócios diferentes que você pode fazer, as possibilidades são, nesse sentido, infinitas, mesmo que o mercado de trabalho, absurdamente competitivo e saturado, faça com que você tenha pesadelos.

Para os cães, no entanto, o caminho para o emprego perfeito é bem mais estreito. Para o pequeno Gavel, o cão policial mais adorável de todos os tempos, era simplesmente um caso trabalho errado.

Infelizmente para Gavel, ele é simplesmente muito ‘bonzinho e amigável’ para ser membro do Departamento de Polícia de Queensland, na Austrália, e assim o filhote de um ano de idade recentemente perdeu o seu cargo.

Na verdade, Gavel era tão amável, que não conseguiu passar pelo seu programa de treinamento de cães policiais, em grande parte devido à sua natureza incrivelmente sociável.

Mas, antes que você fique preocupado com o destino de Gavel, fique sabendo que o filhote já encontrou o trabalho de seus sonhos: dar boas-vindas aos visitantes da Casa de Governo de Brisbane. Agora, esse é um “emprego” perfeito para Gavel.

Um porta-voz da Casa do Governo de Queensland descreveu a história de Gavel assim:

“Gavel chegou à Casa do Governo em abril do ano passado com seis semanas de idade. Pretendia-se que ele fosse submetido a um programa de treinamento preparatório para se tornar um cão do serviço policial de Queensland.”

“Mas, Gavel não mostrou a aptidão necessária para uma vida na linha de frente. Nem todos os cães exibem isso, e Gavel provou ser bastante sociável. Ele está mais adequado para ser um cão cerimonial e, em vez disso, passará seus dias de trabalho aqui na Casa do Governo “.

Embora Gavel provenha de uma família de cães políciais, ele simplesmente não tinha o temperamento correto para o trabalho, mas a equipe não podia perdê-lo para sempre e criou uma posição cerimonial para garantir que ele pudesse ficar. Gavel assumiu o novo “trabalho” com excelância, e é um grande sucesso.

Suas funções oficiais incluem acolher convidados ao prédio e participar de cerimônias.